Dia de Luta mobiliza empregados de todo o Brasil em defesa do Saúde Caixa | Portal

Notícias da Fenae

24.05.2018
Dia de Luta mobiliza empregados de todo o Brasil em defesa do Saúde Caixa

Empregados da Caixa de todo o país atenderam à convocação das entidades representativas e realizaram uma grande mobilização nas redes sociais e também em unidades do banco, nesta quinta-feira (24), Dia de Luta em Defesa do Saúde Caixa. O objetivo é repudiar as medidas do governo que ameaçam o plano de saúde dos trabalhadores do banco.

Confira o Manifesto em Defesa do Saúde Caixa.

A manifestação faz parte da campanha “Saúde Caixa: eu defendo”, criada pela Fenae e Apcefs, com apoio da Contraf-CUT, Fenacef, Fenag, Advocef, Aneac e Social Caixa, visando sensibilizar os empregados ativos e aposentados da Caixa, bem como suas famílias, para a importância da política de assistência à saúde, ameaçada pelas novas determinações do governo.

“O clima é de indignação entre os empregados do banco, que sofrem com a sobrecarga de trabalho por conta da falta de contratações e do assédio moral, entre outros problemas, e veem ameaçado um direito conquistado com muita luta. Não vamos permitir retrocessos ”, destaca o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira.

Fabiana Matheus, diretora de Saúde e Previdência da Fenae, avalia positivamente o dia de mobilização. “A categoria não ficará de braços cruzados enquanto o governo tenta desmontar o banco e nosso plano de saúde. Ações como essas são importantes porque envolvem toda a sociedade. A mobilização vai continuar, não vamos permitir o fim desse direito”, afirma.

As resoluções publicadas pelo governo e a recente alteração no Estatuto da Caixa propõem um limite correspondente a 6,5% da folha de pagamento para a participação da empresa nas despesas com o Saúde Caixa, à revelia do modelo de custeio previsto no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), que vigora até 31 de agosto.

Hoje, 70% das despesas assistenciais são pagas pela Caixa, mas o banco agora pretende adotar o novo limite. Como a inflação médica aumenta mais rapidamente que os índices usados na correção dos salários e benefícios previdenciários, e como a Caixa vem reduzindo seus quadros com sucessivos planos de demissão e aposentadoria, em breve, o novo limite estipulado será atingido e os custos excedentes recairão sobre os beneficiários.

Nas ruas

Além das inúmeras publicações nas redes sociais, com cartazes contendo os dizeres “Saúde Caixa, Eu Defendo”, as manifestações em defesa do plano de saúde ocorreram também em unidades do banco, em capitais e cidades do interior. Em Fortaleza, o Sindicato dos Bancários do Ceará realizou atos públicos no Edifício Sede, na capital cearense, e na agência da Caixa em Baturité.

“Todos nós precisamos estar unidos, os trabalhadores numa só voz, com a participação de todos empregados. Porque quando começar a mudança, temos que juntar todo mundo, os da ativa e os aposentados, para enfrentar esse ataque que visa somente tirar direitos”, frisa Marcos Saraiva, diretor do sindicato cearense e da Fenae (Comunicação e Imprensa).

No Rio de Janeiro (RJ), a concentração foi em frente ao prédio da Almirante Barroso (Barrosão), no centro, contando com a participação de trabalhadores, dirigentes sindicais e da Apcef/RJ. Em São Paulo (SP), representantes da Apcef/SP e empregados do banco participaram do Dia de Luta. “É importante o fortalecimento e a unidade dos empregados em defesa da política de assistência médica dos trabalhadores da Caixa, que é o Saúde Caixa”, diz Ivanilde Moreira, integrante eleita do Conselho de Usuários do Saúde Caixa.

Jogos da Fenacef

Outro local de mobilização foi o Espaço Viva Fenae/ Apcef, montado no Clube Estoril, em Campo Grande (MS), onde ocorrem os Jogos da Fenacef. No local, houve leitura e distribuição do Manifesto em Defesa do Saúde Caixa. Dezenas de aposentados do banco também tiraram fotos com cartazes da campanha.

As manifestações ocorreram principalmente nas redes sociais, mas também foram realizados atos em capitais e cidades do interior
Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

Atendimento APCEF

  • apcefse@apcefse.org.br
  • APCEF/SE - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • Avenida Melício Machado, 820, Aeroporto
  • Aracaju, Sergipe, CEP. 49038-443
  • TEL (79) 3243-3279